70% dos nadadores olímpicos do Brasil trocaram de técnico depois de Londres

1
1202
FABIOLA MOLINA

O Brasil teve 18 nadadores nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012. Destes 18, 13 deles trocaram de treinadores desde então. Alguns, até mais de uma vez. Dos 18 olímpicos em Londres, apenas Fabíola Molina se aposentou e 17 seguem em busca de estarem no time do Rio em 2016.

Foram apenas quatro nadadores da equipe que foi para Londres e que segue com os mesmos técnicos que os levaram ao time olímpico: Marcelo Chierighini, Daniel Orzechowski, Gracielle Herrmann e João de Lucca. Dos quatro, apenas João de Lucca foi forçado a mudar de clube com o fim da equipe absoluta do Flamengo passando a defender o Pinheiros desde o ano passado.

Veja o levantamento da Best Swimming que mostra todas as mudanças de comando no caminho do Rio 2016:

NÃO TROCARAM DE TREINADOR
Marcelo Chierighini
Segue sob o comando de Brett Hawke na Universidade de Auburn, mesmo formado permanece por lá, agora treinando no Auburn Aquatics junto de Felipe Lima e Bruno Fratus.

João de Lucca
Outro que se formou em universidade americana, mas segue treinando em Louisville com o treinador brazuca Arthur Albiero, mas trocou de clube no Brasil. Deixou o Flamengo e agora defende o Pinheiros desde o ano passado.

Daniel Orzechowski
Continua treinando com André Amendoim no Pinheiros.

Gracielle Herrmann
Segue com Fred Guariglia no Grêmio Náutico União

TROCARAM DE TREINADOR
César Cielo
Trocou de treinador três vezes. Deixou Alberto Silva em 2013 por Scott Goodrich e montou seu próprio programa. Em 2014, trocou para Scott Volkers e passou a defender o Minas. No final do ano, voltou para Goodrich, mas permanece defendendo o Minas.

Bruno Fratus
Em 2013 se mudou para a Itália, seguiu treinando com Arilson Silva, mas no retorno ao Brasil treinou alguns meses com Alberto Silva antes de se mudar para os Estados Unidos onde agora treina com Brett Hawke.

Nicolas Oliveira
Esteve por alguns meses com Alberto Silva, outros meses nos Estados Unidos, mas sua base mesmo tem sido mais em Belo Horizonte com o australiano Scott Volkers.

Leonardo de Deus
Deixou o programa Pro 16 em 2012 se mudando para o Corinthians passando a treinar com Carlos Henrique Matheus.

Felipe França
Depois de Londres passou a ser treinado por Sérgio Onha Marques. Foi com ele para o Corinthians no início do ano passado.

Felipe Lima
Esteve no Davie Nadadores com Alex Pussieldi e Omar Gonzalez até o Mundial de Barcelona no ano passado. Depois passou para o Azura Aquatics, mas ainda com Omar. Passou dois meses na Europa no ano passado, mas desde o Finkel de 2014 está em Auburn com Brett Hawke.

Henrique Barbosa
Ficou com Alberto Pinto da Silva até o início de 2014. Se mudou para o Pinheiros onde treinou com Marcelo Tomazini. Atualmente está na equipe da Bath University da Grã-Bretanha com Dave McNulty.

Tales Cerdeira
Esteve com Alberto Pinto da Silva até o Finkel do ano passado. Agora treina com Arilson Silva no grupo de elite em Vitória, no Espírito Santo.

Kaio Almeida
Treinou com Luis Raphael até 2012. Em 2013, retornou para João Pessoa onde treinou com Valéria Menegaz até se aposentar por alguns meses da natação competitiva. Voltou no final do ano com orientação de Reinaldo Rosa, mas segue treinando em João Pessoa.

Thiago Pereira
Esteve com Alberto Pinto da Silva até o Finkel do ano passado. Voltou a treinar nos Estados Unidos com Dave Salo no Trojans Swim Club.

Henrique Rodrigues
Estava com Fernando Vanzella em Londres. Em 2013, alternou períodos em Curitiba até se manter definitivamente em São Paulo treinando com André Amendoim no Pinheiros.

Daynara de Paula
Treinava com Marco Veiga no Flamengo. Passou a ser comandada por Fernando Vanzella no SESI-SP.

Joanna Maranhão
Em Londres, estava com Rosane Carneiro. Depois voltou para Recife onde treinou com Keycy Florêncio e agora se mudou para São Paulo onde está com André Amendoim.

SE APOSENTOU
Fabíola Molina

1 Comentário

  1. Ao se observar esta alta rotatividade de treinadores, quais conclusões podemos chegar? A não satisfação do atleta com o resultado de Londres fez buscar novos programas de treinamento? A mudança de treinador se deu devido a mudança de clube?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here